Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.

Marca China in Box ganha na justiça ação contra rede Uai in Box

AnteriorPróximo
« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:br, percepção, chegada, cuja, passou, representar, direito e tal565 palavras8 min. para ler
Marca China in Box ganha na justiça ação contra rede Uai in BoxVer imagem ampliada
O China In Box é a maior rede de culinária chinesa do Brasil e, agora, além de ter sua marca reconhecida como sinônimo de delivery de comida chinesa, obteve mais uma decisão judicial que garante exclusividade sobre o termo “in box”. A 3ª Vara Cível do Fórum de Santo Amaro – SP decidiu pela retirada da expressão do nome de um restaurante de comida mineira conhecido como Uai in Box. A empresa deverá se abster também da utilização das caixas com estilização semelhante às do China in Box.

O pioneirismo da rede em seu segmento de atuação foi reconhecido no início de 2014, em decisão da Seção Especializada em propriedade Intelectual do Tribunal Regional Federal – 2ª região. A advogada do China in Box, Elaine Prado, da Solmark Assessoria em Propriedade Intelectual (responsável pela defesa administrativa) e de Denis Borges Barbosa Advogados (defesa judicial), afirma que a causa foi ganha devido a similaridade de nome e sinais entre as marcas, que podem trazer confusão ao consumidor e associação indevida com o estabelecimento mais famoso. “Concorrentes iniciantes no segmento de fast-food e de delivery passaram a pretender registrar suas marcas acompanhadas do termo ‘in-box’ devido ao fato de a marca China in Box já ter alcançado elevados índices de reconhecimento e fama no ramo de fast food, especialmente com delivery, afirma.

O primeiro restaurante da rede abriu as portas em 1992, em São Paulo, explorando um nicho inédito. Até então, o delivery de comida chinesa embalava os pratos em compartimentos de alumínio, as populares “quentinhas”. Não existia no Brasil o delivery de comida em caixinhas até a chegada do China In Box, cuja expressão passou a representar um novo significado: o de delivery de comida chinesa. No direito de marcas, tal significado secundário ou o secundary meaning deriva do fenômeno da criação de uma percepção da marca não mais a um sentido originário e sim a um produto ou serviço. E essa criação ocorreu como consequência do pioneirismo e sucessivos investimentos até mesmo para afastar a confusão inicial que o público fazia ao associar a marca ao box para banheiro.

A primeira a imitar a marca já famosa foi a “Asia In Box” que, recentemente, teve seu registro de marca anulado após o julgamento da ação do TRF-2ª região, em outubro de 2013.

 

Sobre o China in Box

Em 1992, Robinson Shiba deixou de exercer sua profissão como dentista para se tornar empreendedor e inaugurar a sua primeira loja China In Box, no bairro de Moema, em São Paulo, voltada exclusivamente para entregas. Depois a empresa filiou-se à Associação Brasileira de Franchising, dando início ao sistema de franquias, que em menos de dois anos já possuía 60 unidades franqueadas. Hoje o China In Box é a maior rede do segmento de delivery de comida oriental da América Latina – com 164 unidades. A marca faz parte do Grupo TrendFoods, que conta ainda com a rede Gendai, de comida japonesa. Hoje, ao grupo tem mais de 200 unidades no Brasil. Desde 2011 o grupo vem investindo em um forte plano de expansão em shopping centers. A ideia é que nos próximos 5 anos sejam lançadas 200 novas unidades pelo Brasil – 100 por meio de abertura de franquias e a outra metade com capital próprio. Para isso, a bandeira China in Box, antes com predomínio de lojas de rua, foi modelada para funcionar em shopping centers, sob o nome China In Box Express.

Fonte:  www.maxpressnet.com.br


Ver imagem ampliada
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it