Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.

Novo projeto do INPI avalia patentes em cerca de três meses

AnteriorPróximo
« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:lançado, sinalização, interessado, pedir, tecnologia, negociar, segurança e inventor169 palavras2 min. para ler
Novo projeto do INPI avalia patentes em cerca de três mesesVer imagem ampliada
Lançado pelo INPI este ano, o projeto Opinião Preliminar trará uma grande vantagem para o empresário que precisa saber com rapidez se vai ganhar patente ou não: ele terá uma análise prévia em cerca de três meses. Os pedidos que entraram no início do projeto (em maio), devem receber o parecer inicial ainda em agosto.

Embora não seja um exame definitivo, pois até a análise final o pedido de patente tem que passar por certos prazos e por uma fila de solicitações, a opinião preliminar serve como uma orientação do INPI. Com a sinalização de que é provável ganhar a patente, o empresário ou inventor terá mais segurança para negociar sua tecnologia. Para pedir a opinião preliminar, o interessado deverá preencher formulário específico, pagar a taxa de R$ 1.185,00 e apresentar alguns requisitos.

Ao solicitar a opinião preliminar, o depositante receberá um relatório preliminar de busca, observando as condições de patenteabilidade, e um relatório preliminar com a avaliação dos requisitos de novidade, atividade inventiva ou ato inventivo e aplicação industrial.

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it