Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.
Proteger Marcas e PatentesÁrea do cliente

Processo Global

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:br, definido, ícone, cultura, características, favor, tênis e uso247 palavras3 min. para ler
Processo GlobalVer imagem ampliada
Quantos pares de Converse All Star você tem no armário? E quantos similares?

Pois como não é difícil de se encontrar – das marcas mais baratinhas às mais caras – o modelo é copiado sem cerimônias pelo mundo todo. E é por isso que a casa que criou o modelo original, a Converse, abriu um processo global, enquadrando 31 marcas.

O modelo Chuck Taylor, com ou sem cano, é o motivo que centenária a marca norte-americana, criada em 1908 em Malden, Massachusetts, vai enfrentar os tribunais contra nomes populares, como a rede de hipermercados Wal-Mart, a esportiva Fila e o veterano das passarelas Ralph Lauren.

Depois de 108 notificações e muitos acordos, a marca resolveu comprar a briga com 31 gigantes do mercado de moda. E pelo visto, os advogados terão muito trabalho para defender os seus clientes. Afinal, muitos tênis são tal e qual o original… O modelo definido como um ícone da cultura norte-americana tem duas características a seu favor – e que são de uso exclusivo da casa: o cabedal (a ponta) de borracha, e a listra (ou listas) na lateral do emborrachado da sola.

E a briga será tão grande, que um dos pedidos da ação legal é o de impedir, junto ao órgão de comissão de comércio, a importação e a venda dos modelos inspirados das outras marcas dentro do território dos Estados Unidos. A lista com os 31 nomes que irão para julgamento, inclui marcas da Austrália, Canadá, China, Itália e Japão.

Fonte:  juliapetit.com.br

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it