Voltar ao topo.

Samsung e Apple encerram suas disputas judiciais fora dos EUA

« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:empauta, maioria, fez, restantes, julgamentos, mundo, gigantes e constantes378 palavras5 min. para ler
Samsung e Apple encerram suas disputas judiciais fora dos EUAVer imagem ampliada
As empresas Samsung e Apple chegaram a um acordo para acabar com as disputas judiciais que mantêm sobre as patentes de seus produtos fora dos Estados Unidos, informou nesta quarta-feira a companhia sul-coreana. “Samsung e Apple concordaram em abandonar todos os litígios entre as duas empresas fora dos Estados Unidos“, declarou a Samsung Electronics em um breve comunicado conjunto. O comunicado, divulgado hoje pela companhia sul-coreana em Seul, esclarece que o pactuado com a Apple “não implica em qualquer acordo de licenças, e ambas as empresas seguirão com os processos que estão em curso nos tribunais dos EUA“. Além dos EUA, onde a batalha de patentes entre Samsung e Apple tem maior dimensão, as duas companhias mantêm disputas judiciais em países como Coreia do Sul, Japão, Alemanha, Itália, Holanda, Grã- Bretanha, França e Austrália. Essa decisão acontece depois que um tribunal federal de San José, no estado americano da Califórnia, condenou em maio a Samsung a indenizar a Apple com US$ 119,6 milhões, em um novo capítulo da guerra jurídica nos EUA que começou em 2011. O júri popular que deu o veredicto considerou que a Samsung copiou em todos os seus smartphones duas características do iPhone, das cinco reivindicadas pela Apple, enquanto só plagiou em alguns de seus modelos outros aspectos e não o fez nos dois restantes.

Os processos e os julgamentos no mundo todo entre os dois gigantes da tecnologia foram constantes, com vitórias para a Apple na maioria dos casos. Com isso, a companhia sul-coreana deve mais de US$ 1 bilhão ao seu concorrente americano, principalmente devido às decisões judiciais nos tribunais dos EUA.

Samsung e Apple recorreram, sem exceção, de todos os veredictos em que foram consideradas culpadas, de modo que o processo vive agora uma segunda parte, na qual os esforços de uma e de outra empresa se concentram em tentar demonstrar os prejuízos que as supostas quebras de patentes causaram sobre suas vendas e planos de expansão. As duas empresas vêm brigando na Justiça pelas patentes de smartphones e tablets desde 2011, quando a Apple processou a Samsung por copiar o design de seus produtos, o que levou a companhia sul-coreana a responder com outro processo contra a americana por violação de patentes da tecnologia 3G.

Fonte: abpi.empauta.com

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it